Qual seu PERFIL COMPORTAMENTAL?

Qual seu PERFIL COMPORTAMENTAL?

Cada ser humano é único e todos nós fomos criados por outros seres humanos igualmente únicos em contextos e culturas diferentes. Assim, adquirimos crenças e valores que, no conjunto, nos fazem pensar e ser uma pessoa diferente de todas as outras. No entanto, todos nós possuímos padrões de comportamentos predominantes e por meio da aplicação de um teste de perfil comportamental, é possível identificar nossas principais características e habilidades, facilitando o nosso autoconhecimento e nos trazendo clareza para poder aplicar estes recursos a nosso favor.

Agora pare para pensar: Você sabe qual é o seu padrão de comportamento? E como esse padrão de comportamento pode estar afetando seu trabalho, relacionamentos e, de forma geral, todos seus resultados?

 

Baixe agora mesmo O GUIA GRÁTIS DO AUTOCONHECIMENTO

 

Já pensou em como seria bom se você soubesse como você realmente lida com a pressão, o que te faz perder a calma, como você toma decisões, como você reage frente às dificuldades e muitas outras coisas? Consegue imaginar como é bom ter uma boa dose de autoconhecimento e como isso pode te ajudar a ser muito mais assertivo em suas tomadas de decisões e em seu posicionamento tanto na vida pessoal como na vida profissional? Se você nunca parou para pensar nisso, não sabe responder a essas perguntas e tem interesse pelo assunto, nesse artigo vamos te mostrar as principais características de cada um dos quatro perfis comportamentais existentes segundo o Coaching Assessment – que é um software (sistema) com validação científica de mapeamento de tendências comportamentais fundamentando na metodologia DISC – para você se identificar e aproveitar essas informações para melhorar seu desenvolvimento e aperfeiçoamento profissional.

De antemão, vale desmistificar a ideia de que existe um perfil certo ou errado!  ISSO NÃO EXISTE!  Todo perfil tem seu lado forte predominante e seu lado não tão forte assim, isso é natural e comum a todos os seres humanos. Profissionalmente falando, o que existe é um determinado tipo de perfil ajustado para uma determinada área de atuação.

Existem, basicamente, quatro tipo de perfis: Comunicador, Executor, Planejador e Analista. Vamos ver cada um deles:

 

PERFIL EXECUTOR

Um executor é uma pessoa ativa, otimista e dinâmica. Líder nato, não tem medo de assumir riscos e de enfrentar desafios. É trabalhador, tem uma enorme disposição física e demonstra muita determinação e perseverança. O que caracteriza este perfil é a força de vontade. Seu raciocínio tende ao lógico/dedutivo e sua imaginação e juízo normalmente são equilibrados. Aprecia desafios e os obstáculos o estimulam a agir cada vez mais. Tem bastante autonomia, independência e sabe se impor aos demais. É autoconfiante e tem características naturais de liderança. É seguro de si, acredita no seu ponto de vista e por isso “luta” pelas suas ideias. Tende primeiro a executar para depois pensar em como fazê-lo. No campo profissional, tende a ser uma pessoa com bastante foco em ação e resultados, é um perfil bastante comum entre os líderes e gestores.

 

PERFIL COMUNICADOR

Os comunicadores são extrovertidos, falantes, ativos e não apreciam monotonias. Têm facilidade na comunicação e passam de um assunto a outro com rapidez. Gostam de trabalhos que envolvam movimentação, autonomia e contato com outras pessoas. O comunicador aprecia muito o contato interpessoal e um ambiente harmônico. É muito sociável e não gosta de passar despercebido, é o tipo “amigo de todos” e gosta muito de atuar em equipe. É vaidoso e admira sua projeção pessoal e social. Apresenta rapidez e agilidade em suas atitudes. Sociabilidade, entusiasmo e autoconfiança normalmente fazem parte das características deste perfil.

 

PERFIL PLANEJADOR.

Os planejadores são pessoas calmas, tranquilas, prudentes e autocontroladas. Gostam de rotina e atuam em conformidade com normas e regras estabelecidas, por isso sentem-se bem quando estão acompanhadas de pessoas mais ativas e dinâmicas. Decidem sem pressão e, frequentemente com bom senso. São flexíveis, seu caráter e ritmo são constantes e são bastante disciplinados também. São reconhecidos por sua paciência e capacidade de observação. Normalmente são passivos e têm boa memória, mas podem carecer de aptidões criativas. Em situações emergenciais, agem com tranquilidade. O planejador é introvertido, e tem uma tranquilidade singular que lhe confere um perfil de fácil relacionamento e bem equilibrado. Enquanto profissional, esse perfil planeja a melhor forma de executar uma tarefa antes de iniciá-la. Após o início, seguirá por conta própria até o fim!

 

PERFIL ANALISTA.

Os analistas são preocupados, rígidos e bastante calmos. Seu comportamento com as pessoas é discreto e tendem a serem pessoas caladas e retraídas. Sua grande desvantagem é serem pessimistas, porém, possuem facilidade na arte por serem mais sensíveis. Agilidade, inteligência e intelectualidade são características bem marcantes dos analistas e eles têm habilidade com tarefas detalhadas ou de improvisação rápida. Gostam de “surpreender” e são sensíveis a críticas magoando-se com certa facilidade. São intuitivos, curiosos e têm inteligência verbal. Observam as oportunidades e apresentam soluções momentâneas para problemas urgentes. No campo profissional, preferem atuar com estímulo dos demais. Geralmente são funcionários leais e comprometidos com o trabalho. Por serem extremamente perfeccionistas, devem ser monitorados até o fim de uma atividade, devendo ser constantemente estimulados com reforços de aprovação, pois sempre pensam que seu trabalho está imperfeito.

É possível que você tenha se reconhecido em mais de um perfil e isso é bastante normal, pois todos nós possuímos características de todos eles, seja em maior ou em menor intensidade. Mas é comum que tenhamos um ou até dois perfis predominantes, ou seja, perfis que nos representam e são evidenciados de forma natural. Eles retratam os comportamentos que temos de maneira espontânea, sem nenhum esforço.

No campo profissional, é fundamental que você possa identificar o seu perfil e comparar suas características com o seu meio de atuação ou sua área profissional. Isso porque se houver algum tipo de discordância nesse sentido, é provável que você sinta muito stress no seu dia a dia e até mesmo experimente um certo nível de insatisfação. Quanto maior for a discrepância entre seu perfil e sua área profissional, maior será seu nível de desconforto.

Por exemplo, para um perfil EXECUTOR participar de uma reunião de planejamento analisando cada detalhe do projeto pode ser algo bastante desafiador, enquanto que, para o perfil PLANEJADOR, essa mesma situação seria bastante confortável. Mas veja, isso não significa que um executor não possa fazê-lo, só quer dizer que essa atividade lhe exigiria um esforço maior.

O perfil ANALISTA tende a seguir mais as regras de forma rigorosa, mas isso não significa que ele não possa fazer diferente do estabelecido quando entender que é necessário, porém esse perfil será muito mais cauteloso do que o perfil COMUNICADOR, por exemplo.

Quando estamos vivendo uma situação profissional em que o meio nos exige alguns comportamentos e um perfil que não temos naturalmente devemos ter máxima atenção, pois quando somos exigidos constantemente e de forma muito intensa em ter um perfil diferente do nosso perfil predominante e natural é provável que, com o tempo, passemos a nos sentir desgastados, cansados e desmotivados, e talvez  seja necessário repensar toda nossa vida profissional e nossas escolhas.

 

O sucesso na conquista do seu próximo emprego pode estar no seu autoconhecimento. Baixe agora mesmo O GUIA GRÁTIS DO AUTOCONHECIMENTO